AGENDA AGRONEGÓCIO

Com tema "Agronegócio do Futuro", Agenda contou com edição na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP)

Evento com palestra de Gui Rangel contou com a presença de autoridades estaduais e municipais


2022-04-27T10:27:00




O pesquisador futurista Gui Rangel, realiza palestra sobre a tecnologia como inovação do agronegócio
O pesquisador futurista Gui Rangel, realiza palestra sobre a tecnologia como inovação do agronegócio
No dia 25/04, a feira Agrishow, um dos maiores eventos de agronegócio do mundo, foi realizada em Ribeirão Preto (SP) e foi palco da edição do Agenda Agronegócio, iniciativa da OA Eventos, empresa do Grupo EP e com apoio do Desenvolve SP. A edição, que faz parte de um ciclo de palestras em todo o interior de São Paulo, contou com a presença do pesquisador futurista Gui Rangel, palestrante que abordou o tema "O Agronegócio do Futuro".

Paulo Brasileiro, Diretor de Relações Institucionais do Grupo EP, iniciou o evento comentando sobre a importância da iniciativa dos ciclos de palestras do Agenda, que possui o objetivo de contribuir para o setor do agronegócio e levar oportunidades para a região: "A EPTV entende que enquanto um veículo de comunicação, é importante proporcionar momentos como este, onde podemos reunir atores sociais".

O palestrante Gui Rangel, nomeado pela Thinkers360 como uma das 50 vozes mais influentes na áreas de realidade virtual e aumentada e fundador da fintech Portfy, explicou que ser um futurista não é prever o futuro, mas sim construir mudanças no presente para trazer Tendências emergentes do mundo da ciência, do empreendedorismo e ajudar as pessoas se prepararem para o futuro: "O jeito que você imagina o futuro, molda suas ações no presente", disse o pesquisador.

Rangel comentou no início da palestra sobre como as tendências na área de realidade virtual estão aplicáveis à inovação no agronegócio e que a predominância dessa tecnologia e da inteligência artificial marcará em 2050 aumento de 70% da produção. "Estamos vivendo uma época de transformações exponenciais, o ritmo das transformações não é linear atualmente" e acrescenta: "As realidades emergentes e pós-emergentes coexistem, por isso o futuro possui mais de uma perspectiva, uma pessoa pode desejar carros voadores e a outra segurança alimentar", afirma o especialista.

Na palestra, Gui Rangel citou tecnologias exponenciais fundamentais para o crescimento da inovação na agricultura para uma produção baseada na sustentabilidade, como a Robótica, Impressão 3D, Engenharia Genética e Redes de Internet. O pesquisador destacou a Robótica como transformadora do campo e que traz eficiência: "Teremos tratores autônomos que monitoram a saúde do solo e comunicam à central para solicitar insumos e sementes necessários para a plantação".

O pesquisador futurista também disse dos desafios que a humanidade terá ao implementar as tecnologias na agricultura: "Tudo aquilo que é previsível será substituído pelas tecnologias, precisamos usar nossa capacidade humana para romper com o normal e criar novos paradigmas para a agricultura". Dentre as dificuldades apontadas, está o desafio da substituição da carne animal para a carne vegetal, que os laboratórios já estão trabalhando atualmente: "Contamos com iniciativas maravilhosas de empresas fazendo carne vegetal indistinguível da carne animal e criará possibilidades de novos negócios e oportunidades", disse.

Gui Rangel finalizou a palestra com destaque à importância de questionamentos para modificarmos o mundo para um futuro melhor e pensar nas próximas gerações ao implementar práticas mais sustentáveis para o agronegócio. " Chegou a hora de ser meros observadores dessa realidade o grande objetivo é que nos tornemos grandes protagonistas", afirmou o pesquisador futurista.

Autoridades presentes no evento

Gabriela Redona Chiste, presidente de Relações Institucionais da Desenvolve SP, apresentou dado de que a Instituição injetou R$ 2 bilhões na economia do estado de São Paulo desde o início da pandemia e disse que os jovens podem trabalhar em tecnologia para que o agronegócio passe para uma transformação no futuro: "O produtor rural tem trabalhado na maneira como administra sua propriedade, com tecnologia transformadora para que ganhe competitividade". Além disso, relatou que a Desenvolve SP pretende multiplicar economicamente a importância do agronegócio, com segurança alimentar e sustentabilidade.
 
Gabriela Redona Chiste explicou as iniciativas do Desenvolve SP em trazer apoio às práticas sustentáveis para as linhas de financiamento
Gabriela Redona Chiste explicou as iniciativas do Desenvolve SP em trazer apoio às práticas sustentáveis para as linhas de financiamento
 Francisco Matturro, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e presidente da Agrishow, disse que mesmo durante a pandemia a atividade do agronegócio não parou e por isso a edição do Agrishow deste ano demonstra a modernidade e o desenvolvimento da tecnologia nesse período. "São Paulo é um estado geograficamente pequeno e possui 2º volume de produção na agricultura, damos produtividade ao mundo, por isso, acreditem neste país, neste estado", disse o Secretário.  
 
Francisco Matturro afirma que parcerias são fundamentais para o desenvolvimento do agro
Francisco Matturro afirma que parcerias são fundamentais para o desenvolvimento do agro
Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto, afirmou a relevância de reconhecer o futuro assim como as limitações e que a feira Agrishow é uma forma de aprender que é preciso pessoas para criar tecnologia. "O Agenda procura levar todas as pessoas e cidadãos que conhecem a agricultura a uma forma agregadora da importância para a agricultura nacional" e acrescentou: "Esse evento é a síntese das maiores virtudes que a humanidade já teve, aqui produz alimento, oferece oportunidade, soluções em sustentabilidade e troca de experiência", disse o prefeito.  
 
Duarte Nogueira disse que a agricultura produz alimentos, energia, essenciais para a sobrevivência
Duarte Nogueira disse que a agricultura produz alimentos, energia, essenciais para a sobrevivência
O deputado Arnaldo Jardim também esteve presente no evento Agenda Agro e falou da importância da pesquisa para a inovação na agricultura e na agropecuária e que o setor move a região de Ribeirão Preto e o país. "A Agrishow é um lugar para fazer negócio e investimento, traz impacto dos equipamentos no setor agro do futuro", afirmou. 
 
Arnaldo Jardim comenta que o Agenda traz comunicação que provoca o debate e o pensamento sobre o setor para o futuro
Arnaldo Jardim comenta que o Agenda traz comunicação que provoca o debate e o pensamento sobre o setor para o futuro
O Agenda é um ciclo de palestras e debates já tradicional no calendário de eventos do Estado de São Paulo. É uma realização da OA Eventos, empresa do Grupo EP. O patrocínio oficial é da Desenvolve SP. O evento conta com apoio institucional da EPTV e apoio de mídia do g1 e do portal acidade on.